RECADO

Conheço um rapaz de 16 anos que está muito empenhado em defender a Vida. É um dos resistentes. Já vão perceber porquê.
Disse-me: "Deixe-me ir consigo a um debate. Eu quero saber como é. Eu quero dizer uma coisa." E pôs a sua ideia por escrito.
"Chamo-me "X" e frequento uma instituição de protecção de crianças e jovens. Soube que os defensores do "sim" ao aborto mencionaram que as crianças das instituições são infelizes, se calhar não deviam ter nascido. Aí é que se enganam. A minha mãe, apesar das dificuldades nunca abortou e é graças a eu estar numa instituição que eu tenho um caminho que me fará alguém na vida. Por isso, se não sabem, não falem, porque ninguém escolhe as suas raízes, não nasci num berço de ouro e não é por isso que deveria ser morto quando era indefeso. E agradeço a força da minha mãe por me ter deixado nascer para eu dizer a Portugal que as crianças institucionalizadas não são infelizes, eu pelo menos não sou e conheço outros que dizem o mesmo".

5 Resposta(s) a “”

  1. # Blogger ines

    Esperemos que haja muitos mais testemunhos que nos ajudem a mostrar que vale a pena!  

  2. # Blogger Luis

    Os meus parabéns a este rapaz!  

  3. # Blogger Sónia

    E tal como este rapaz refere, há muitas outras pessoas na mesma situação que ele, e que o facto de terem sido institucionalizadas, não lhes retirou dignidade, força e alegria de viver. Não cabe a ninguém a tomada da decisão de negar a jovens como este um futuro!  

  4. # Blogger Diogo

    Obrigado por este post! Fazem falta muitos testemunhos destes. E muitos parabéns ao jovem que o deu!  

  5. # Blogger GGSP

    Muitos parabéns a este rapaz pela coragem e sinceridade...
    É de rapazes como este que o país precisa...  

Enviar um comentário



© 2006 Norte pela Vida | Blogger Templates.

eXTReMe Tracker